COMO PINTAR METAIS

Os metais existem em todas as casas, seja no exterior em gradeamentos, portas, janelas, portões, cadeiras ou mesas de jardim, candeeiros, etc., ou no interior num sem número de objetos.

Por essa razão, de vez em quanto é necessário pormos mãos à obra e tratarmos desses objectos, porque com o passar do tempo, vão-se deteriorando e se não forem devidamente tratados a tempo podem-se perder para sempre. Isto acontece devido à ferrugem.

Ferrugem

A ferrugem é o resultado de um processo de oxidação que se produz quando o metal está em contacto com o oxigénio do ar ou com a água. Certos factores, como a humidade, o calor, o sal, a poluição ou o contacto com outros metais, acelerem ainda mais o processo.

A ferrugem não só dá um aspecto pouco agradável ao metal, como contribui, progressivamente, para o deteriorar. Por isso o melhor método para evitar que apareça nos metais, e efectuar-se um tratamento preventivo logo de início.

Por outro lado, se o metal já possui alguma ferrugem, isso não quer dizer que esteja necessariamente perdido. Para travar o processo, basta impedir que o oxigénio continue o seu processo de destruição, para isso deve-se proteger (isolar) o metal do ar e da água, através de um tratamento eficaz.

Neste post vou explicar como fazer isso;

Na altura de escolher e comprar alguma peça, ou mandar efectuar algum trabalho em metal, deve escolher muito bem o tipo de metal.

O ferro e as suas ligas (aço, ferro fundido) são sólidos e baratos, mas apresentam um grande inconveniente; enferrujam.

Já o metal galvanizado (chapa galvanizada, zinco, alumínio) são metais que sofrem um tratamento de galvanização, ou seja, sofre um tratamento onde é criada uma camada de zinco sobre ele e que vai diminuir o processo de corrosão, logo não enferrujam, mas são mais caros.

Ambos devem ser tratados e pintados, por várias razões, no caso dos metais que temos em casa, normalmente a razão de os pintarmos é por questões estéticas esquecendo por vezes a questão mais importante, que é a da conservação.

Alguns Conselhos Antes de Pintar

  • Se estiver numa zona com muito sal no ar (zonas junto ao mar), lave primeiro o metal para eliminar o sal;
  • Tape todos os buracos e fissuras com um mástique para metais (à venda numa loja de tintas). Lime ou lixe eventuais irregularidades ou as soldaduras irregulares;
  • Se existir algum vestígio de óleo retire-o com diluente sintético. Limpe as poeiras da superfície do metal, de modo a que o primário ou a tinta adira na perfeição. Se a superfície for muito lisa, lixe-a, para garantir uma melhor aderência;
  • Elimine qualquer partícula de ferrugem que se solte do suporte;

Retirar a Ferrugem

  • Para retirar a ferrugem, pode utilizar uma espátula, um raspador triangular, lixa, uma escova de arame, palha-de-aço ou um equipamento próprio, como o da imagem acima;
  • Lixe a superfície com lixa de ferro (uma mais grossa para começar, outra mais fina para terminar), até ficar sem ferrugem, sujeira incrustada ou rebarbas;
  • Pode lixar as superfícies grandes e planas com uma lixadeira eléctrica e as formas mais irregulares com uma escova de arame montada num berbequim. Tenha o cuidado de usar luvas e óculos de protecção;
  • Nas superfícies metálicas demasiado lisas (galvanizado, alumínio, etc.), é indispensável associar à operação de desengorduramento uma operação de lixagem suave (ou mesmo uma passagem com palha de aço), no sentido de criar pontos de aderência;
  • Em objectos difíceis de desenferrujar, como, por exemplo, uma grelha de ferro forjado, poderá optar por aplicar um conversor de ferrugem seguido da tinta;
  • Após ter retirado toda a ferrugem limpe todo o metal para que não fiquem restos de ferrugem nem nenhum tipo de sujidade;
  • O metal só está perfeito quando brilha de novo e não apresenta qualquer ponto negro;
  • Note que a ferrugem reaparece muito rapidamente, por vezes, uma noite chega. Sendo assim, aplique logo de seguida um primário ou uma demão de tinta, após o metal estar lixado e limpo;

Pintar o Metal

Nota: O metal pode ser pintado à trincha, rolo ou à pistola convencional.

Para pintar metais existem duas formas;

– A pintura pelo método tradicional, (preparação + primário + tinta acabamento).

– A pintura pelo método simples, (ligeira preparação + tinta acabamento).

FONTE: Tintas e Pintura